sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Natal 2012

Pois é, o ano está indo embora e eu passei meu segundo Natal em Dublin. O primeiro Natal não saiu nada como planejado, mas felizmente foi bem sucedido, já na segunda tentativa foi tudo bem, apesar de eu ter mudado 1543x a sobremesa que iria levar.

A Gigi me convidou pra passar o Natal na casa dela antes mesmo de eu ir de férias pro Brasil, à época eu disse que levaria uma torta de limão, eu tinha a receita no Brasil e pegaria lá durante minhas férias.

Enfim, voltei e esqueci de copiar a receita, mesmo assim eu tinha uma ideia do que ia e fui comprar os ingredientes e desisti da torta por que limão aqui é muito caro.

Alternativa dois foi um cheesecake, mas eu não queria fazer de frutas pra não depender justamente dos preços, então pensei em fazer de chocolate, mas a própria Gi me disse que poderia ficar muito caro. Então mudei de receita de novo. Mousse de maracujá, copiei uma receita bem fácil na internet e fui comprar os ingredientes, na receita que copiei pedia pra colocar gelatina de maracujá na mistura e lá fui eu bela e formosa na lojinha brasileira comprar gelatina de maracujá, achei comprei e quando cheguei em casa percebi que a gelatina era sim de maracujá, mas a cor dela era como a cor de uma gelatina de framboesa, isso por que o maracujá pra essas bandas tem a casca roxa, como a de uva. Vivendo e aprendendo.

Enfim, fiquei com medo de ficar um mousse muito estranho e resolvi fazer mousse de chocolate, por que já tinha tudo que precisaria, fiz o mousse mas ele não endureceu o quanto deveria :( mas todos que provaram, aprovaram.

Na noite do dia 24 fui lá pra casa da Gi, cheguei as 9 da noite logo depois de uma parte dos outros convidados, a maioria brasileiros e amigos da housemete dela, também brasileira Danúbia. É claro que teve muita comida, muita bebida e risadas, foi bem bom ter ido passar o Natal lá, todo mundo comeu até ficar triste, bebemos mas não exageradamente e as 3 da manhã eu chamei um taxi e vim pra minha casa. A Gi me ofereceu abrigo, mas eu preferi voltar pra casa até por que não fui preparada pra dormir por lá e eu já durmo mal longe da minha cama quando estou preparada pra isso, sem estar preparada então aff.












Sou muito talentosa pra adicionar fotos e ficou tudo fora de ordem, vou deixar assim mesmo.

E com vocês a música que embalou meu Natal, longe de casa mas sabendo que seja quando for que eu decida voltar, lá terá espaço pra mim.


(home) is the only place I know 
that no matter how often I come and I go 
there’ll be always room for me



segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Lá e de Volta

Pois é, eu já havia deixado pistas aqui de que iria para o Brasil e fui, mas já voltei.

Minha viagem foi no dia 30 de Novembro, ai que viagem longa e cansativa, utilizei a mesma cia aérea que usei pra vir pra Dublin a KLM, era a passagem mais barata pra época que eu queria e eu já sabia da qualidade da companhia, então lá fui eu.

Saí de Dublin as 6 da manhã, voo de 1h40 e conexão em Amsterdam e então voo de quase 12hrs até Guarulhos, meu irmão estava com problemas no carro então ninguém foi me buscar no aeroporto #chatiada, na verdade a mãe da Michelly, uma amiga minha aqui de Dublin foi lá no aeroporto, ela tinha que me entregar algumas coisas da Mimi, então não fiquei completamente abandonada, do aeroporto de Guarulhos peguei um ônibus por Terminal Tietê em São Paulo e de lá um ônibus pra Limeira. Eu disse que foi uma viagem longa.

Finalmente em Limeira as 11 e meia da noite foram me buscar na rodoviária, paramos em um lugar pra comer esphiras mas a cozinha já estava fechada, então me conformei com um cachorro quente no melhor estilo brasileiro. Bom, e pra acompanhar, suco de acerola geladinho aiaiai, a vida me maltrata.

Nos primeiros dias o mais complicado foi mesmo me adaptar ao fuso horário e descansar, muito calor, eu sempre com sono, passei alguns dias comendo e dormindo. Consegui rever alguns amigos e praticamente toda a minha família.

O motivo da minha ida foi o casamento do meu irmão. Ele e minha cunhada já moram juntos desde agosto de 2003 mas só agora decidiram oficializar a coisa, como eu só tenho um irmão e sabia que toda a minha família estaria lá eu sabia que não poderia deixar de ir, e fui. Melhor decisão ever. Foi extremamente importante pra mim estar lá por quase 2 semanas, rever pessoas, beijar e abraçar quem eu amo, conversar com velhos conhecidos, ajudou também a traçar os planos pra 2013, pensar se vou realmente voltar. Se tivesse levado todas as minhas coisas não sei se teria voltado pra Dublin, por mais que eu ame isso aqui estar perto de quem a gente ama desde quando se entende por gente é muito valioso, e eu achava que era imune a esse "sentimentalismo".

A viagem de volta foi pela Air France, quando comprei a passagem só coloquei no site da KLM as datas e destinos de ida e volta, mas como a Air France é uma cia parceira e com a combinação KLM - Air France a passagem ficaria num valor menor foi o que escolhi, fiz todo o caminho até o aeroporto de ônibus (Limeira>São Paulo>Guarulhos)  e de lá voo até Paris (ai que chique) e então, finalmente Dublin, escolhi uma conexão mais longa em Paris, assim pude deitar em um dos louges no aeroporto e dormir.

Cheguei em Dublin, tirei um cochilo me arrumei e sai pra encontrar uma galera, voltei pra casa quase 2 da manhã e dormi até 3 da tarde no dia seguinte. Acordei nova.