quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Não quero mais ficar

Nove meses se passaram desde que eu voltei ao Brasil, pra minha cidade, e eu não quero mais ficar. Pelo menos não aqui onde estou, e a cada dia que passa os motivos pra ficar aqui diminuem.

Minha família vai sempre estar comigo não importa pra onde eu vá, esses 2 anos fora provaram isso, estar perto deles é ótimo, mas não é suficiente.

Eu não tenho vida aqui, desde que eu voltei me encontrei raríssimas vezes com alguns poucos amigos, e quando paro pra pensar que em Dublin só ficava em casa por que queria isso me entristece. Me entristece por que as pessoas que eu conhecia lá me conheciam a bem menos tempo do que todas as pessoas que eu conheço aqui, e convites pra qualquer tipo de evento social, fosse pint no pub, almoço em casa, picnic no parque, nunca faltavam. E saber que tem gente que gosta e quer a sua companhia faz diferença, talvez as pessoas daqui tenham se acostumado bem demais à minha ausência, uma pena, por que eu ainda gosto da companhia de todos, mas não vou fazer a chata carente que liga toda hora convidando pra algum programa.

Além disso agora eu estou sem emprego, tenho que conseguir outro e como não trabalhar não é uma opção, melhor mesmo que seja em outro lugar, onde eu possa conhecer gente, construir um novo circulo de amizades e continuar a vida a partir daí.

Eu realmente voltei pra cá com a intenção de ficar, mas não dá pra insistir nessas circunstancias, é triste isso, de verdade.

Eu não vou voltar pra Irlanda, como já disse em outro post, não voltaria como estudante, e a acho que a possibilidade de conseguir um visto de trabalho extremamente remota.

Eu vou pra outro lugar, não sei pra onde ainda, mas aqui não quero mais ficar.


5 comentários:

  1. Entendo perfeitamente essa sensação... Também não encontrei meu lugar aqui ainda...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez por que o nosso lugar não seja mais aqui.

      Excluir
  2. Pois é Karina. Voltei há quase um ano e meio e não sou feliz aqui. A cada dia que passa me sinto como se tivesse perdendo dias preciosos da minha vida. A família fica a parte da situação, claro. Mas mesmo assim não posso dar o que tenho de melhor para eles pq não estou feliz aqui (acho que deu para entender...rs). A decisão de sair do país em definitivo já tenho, mas não é tão simples como foi qdo decidimos fazer um intercambio. Enfim, entendo bem o que vc sente e se vc tiver essa oportunidade de ir embora, não a deixe passar. Boa sorte!!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também te entendo Carlos, também me vejo deixando a vida passar ao invés de estar aproveitando a vida, por isso essa decisão de mudar, nem que seja apenas de cidade. Também quero sair do Brasil de novo mas não tenho nenhum lugar específico pra onde queira ir, eu quero o mundo, por isso resolvi fazer alguns cursos e conseguir alguns certificados e daí partir para outros portos.

      Excluir
  3. OI Karina!!!
    Entendi perfeitamente as razões que vc expôs para não querer ficar. Acho que me sentiria um pouco como vc. Tomara que vc encontre logo o seu novo caminho!!!

    ResponderExcluir