terça-feira, 26 de maio de 2015

Hostels: Paris

A última cidade da Europa que fiquei em hostel até agora, foi em Paris.

Achar uma boa acomodação na cidade luz é uma tarefa complicada. Muitas vezes ouvi histórias de pessoas que ficaram em lugares muito ruins, sujos, com café da manhã ruim ou muito longe.

Isso também se deve ao fato de que em outras cidades grandes era fácil achar bons hostels com preços amigáveis, mas Paris é outra história. Um hostel bom é mais caro do que na maioria das outras capitais, mas caro até mesmo que Londres onde a moeda não é o Euro e sim a Libra Esterlina.

Então quando resolvi ir pra Paris sabia que não adiantaria procurar hostel baratinho, seria "obrigada" a gastar mais pra ficar num lugar bom, bem localizado e limpo.

E o Plug-Inn Boutique Hostel é tudo isso. Bom, bem localizado e limpo.

O hostel fica em Montmartre, o melhor bairro de Paris, e isso não sou eu quem diz, ouvi essa frase de várias pessoas com as quais me encontrei através do couchsurfing. E o hostel é mesmo bem localizado. A estação de metrô mais próxima sai em frente ao famoso Moulin Rouge, a caminho do hostel você vai passar em frente ao Café des Deux Moulins o café da Amelie Poulain.






Esse também é o bairro onde fica a Basílica Sacre Couer. Os ônibus e metrôs em Paris param de circular durante a madrugada, então ficar num bairro onde se tem opção do que fazer depois da 1 da manhã é uma ótima opção. Paris é enorme, e gastar com táxi em euro é uma extravagância para poucos.



O hostel não é super espaçoso, os quartos são bem pequenos e não tem armário para bagagem. Porém ao lado da recepção existem cofres onde é possível deixar objetos de valor. Eu viajei só com a câmera, tablet e celular e levava tudo comigo, e não achei que alguém do meu quarto iria querer roubar minhas roupas, então deixei a mochila em cima da cama.

O hostel "fecha" todos os dias entre as 11 da manhã e 3 da tarde pra limpeza, todos os quartos são limpos e de certa forma arrumados nesse horário, então não dá pra ficar dormindo o dia todo, se você é desses, escolha outro lugar pra ficar.

Todos os quartos tem banheiro com secador de cabelo e a toalha já está inclusa, então você não tem que alugar nenhum desses dois itens.

Lembro que reservei pra ficar num dormitório de 6 camas, mas fiquei em um com 4 camas. A internet funcionava muito bem mesmo estando em um andar alto.

No café da manhã você recebe um croissant e um outro pão e pode se servir com frutas, cereais, leite, chá..essas coisas de hostel, e não precisa lavar seu prato. A mesma pessoa que te entrega os pães pega seu prato, copo e talheres e lava.

Eu sinceramente não me lembro se o hostel tinha cozinha, mas Montmartre é um bairro muito boêmio, além de turístico, não faltam restaurante e cafés onde você pode sentar e apreciar uma boa refeição.

Como disse no início, não vai ser super barato ficar nesse hostel, mas eu sinceramente acho que valeu cada centavo gasto.

Para dicas de hostel em outras cidades, cliquei aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário