sábado, 20 de maio de 2017

Acertando na escolha do Hostel

Esse post não é patrocinado (bem que eu gostaria)

Eu comecei a me hospedar em hostels no final de 2011, até então eu já tinha ouvido falar, já tinha até pensado em ficar, mas foi só quando eu e alguns amigos estávamos fazendo intercâmbio em Dublin e decidimos ir passar o reveillón em Belfast que eu realmente fiquei em um.

Karol, Luiz e eu em Belfast


Até então eu não fazia a menor ideia de como escolher um hostel pra ficar. O Luiz, que fez a pesquisa e escolheu o hostel, deu algumas dicas, e a partir delas eu fui criando os meus próprios critérios.

Bom, a forma mais rápida de escolher um hostel é entrar no site mais famoso e que reúne o maior número de hostels no mundo, o Hostelworld. Se você já sabe seu destino (se você já tem as passagens, provavelmente já sabe) basta procurar a cidade e as datas.



E aí é que começa o refinamento da busca. Eu pessoalmente escolho hostels que tenham nota mínima de 8.5. O que quer dizer que de uma nota máxima 10 eu procuro hostels com 8.5 ou mais.

Essas notas são um média de todas as notas recebidas pelo hostel nos últimos 12 meses, e pra mim 8.5 é uma boa nota. Essa nota leva em consideração 7 critérios - Valor do Dinheiro, Segurança, Localização, Equipe, Atmosfera, Limpeza e Instalações.

Então cada pessoa que passa pelo hostel dá uma nota pra cada um desses critérios e essas notas se juntam com notas de outros viajantes formam a nota do hostel. Ou seja, a nota do hostel é mesmo formada por quem passou por lá.

Os  critérios que eu pessoalmente mais levo em consideração são: localização e limpeza. Um hostel que fique perto de transporte público e facilite chegar em vários lugares, ou mesmo que fique perto de lugares relevantes pra se visitar na cidade. E claro limpeza. Nada de banheiros sujos, cozinha xexelenta etc.

Notas do Global Village, primeiro hostel  do meu caminho

Por isso além de me guiar por números eu também leio as reviews deixadas por outros viajantes, assim tenho uma noção do que as pessoas realmente acham do hostel.

Esse foi um hostel maravilho, com a localização e atmosfera. Foi muito fácil conhecer outros viajantes e Jamie tem o melhor pub crawl. Eu super recomendaria.

Já escolhi sozinha hostel pra ficar em uma dezena de cidades diferentes, e esses critérios sempre se mostraram pra lá de eficazes.

Depois de ter começado a trabalhar em hostel, e entender um pouco mais desse universo, estando do lado de quem está sempre ali e não apenas de passagem, eu uso o hostelworld mais como um guia do que como uma ferramenta de reservas, prefiro fazer a reserva em si pelo site do próprio hostel e compartilho minhas experiências no Google e no TripAdvisor, assim continuo ajudando outros viajantes.

Notas no Google e no TripAdvisor vão de 0 à 5



E você, tem critérios específicos para escolher hostels? Conta pra mim nos comentários.